Em tempo de pandemia só nos resta sonhar ?

Quando toda esta pandemia começou, uma amiga minha que faz anos em Abril dizia : "este ano nem vou festejar o meu aniversário" e outro amigo que faz anos em Junho dizia "talvez só no meu é que isto acalma ... na pior das hipóteses só nos juntamos no aniversário da Bella" ... pois, faltam poucos dias para o meu aniversário e continua tudo igual ou pior ...
A questão aqui não é celebrar um aniversário com muita gente, até porque já passei essa fase há uns bons tempos, a questão é que na altura desta conversa tudo me parecia distante ... Setembro estava longe no calendário e a vontade era que a pandemia fosse ligeira e passageira, mas afinal acho que está para durar (infelizmente).

Os números continuam a subir (e muito) por todo o mundo, parece mesmo que houve um retrocesso no pouco que "conquistámos", a abertura das escolas e o retomar de muitos postos de trabalho preocupa-me imenso e tenho bastante receio que a contingência evolua para calamidade.

Gostaria de ter uma varinha mágica ao estilo Disney para erradicar todas as doenças, enquanto não chega podia receber uma máquina de teletransporte neste aniversário.


Wishlist mental : confinamento no Hawaii, mas bem no meio do nada, sem turismo e sem multidões.
Será que me podem teletransportar para um sitiozinho assim inóspito ?
Talvez mais do que um, conforme o tempo de confinamento ...
Podemos começar o roteiro assim numa casinha de madeira com vista para um vulcãozinho adormecido.
Acordar de manhã, beber um suminho natural, comer um prato gigante cheio de ananás e os famosos pães doces.


Seguimos para uma linhazinha de areia em frente ao oceano, com uma caminha de rede à sombra de umas palmeiras, a ouvir as ondas, a comer umas chips de taro e a beber cocos 😊 
Sentar à beirinha, colocar os pezinhos na água e relaxar com a companhia dos peixinhos coloridos nos seus atóis protegidos.

Depois passamos mais uns diazinhos no meio de um campo de hibiscus, a ouvir os passarinhos.



Muita água fresca e bolinhos com calda de fruta ...

Acho que era capaz de me habituar a isto ...

Por enquanto passeio por entre os hibiscus da minha "terrinha" e continuo a sonhar com um mundo melhor ... porque sonhar não custa ...
E não era excelente conseguirmos acordar deste pesadelo e tudo estar bem à nossa volta ?



Cuidem-se !!!!
Beijinhos e muitas fofurices 💋




Comentários

Publicar um comentário