Trufas Austríacas | Passaporte de Sabores

Olá, estão preparados para colocar mais um "carimbo no passaporte" ?
Hoje é dia de viajar até à Áustria.

Quem já esteve na Áustria sabe que as montras das pastelarias são assim qualquer coisa impossível de resistir 😊 Bolos de todas as cores e feitios, muitas tartes com muito chocolate e muita fruta,  bombons por todo o lado e claro, as famosas trufas.
Nesta época de Carnaval é comum comer trufas, por isso elas "saem" das montras e passam para as ruas, em cada cantinho de Viena seja nas ruas mais movimentadas ou numa banca de madeira junto ao Danúbio podem comprar saquinhos com trufas.
Os sabores mais comuns são : chocolate amargo com cereja, chocolate com doce de alperce, café com laranja confitada e um dos meus favoritos - que faz lembrar os famosos bombons do Mozart - chocolate, maçapão, cevada (muito consumida na Áustria) e gengibre 😊

passaporte de sabores - a bella e o mundo - vegan - trufas - austria

A - do - ro !!!!
E hoje, partilho aqui a minha versão.

Trufas Austríacas 

🍴 Ingredientes :

200 g de farinha de amêndoa
200 ml de leite de amêndoa*
1 rodela de gengibre fresco
100 g de chocolate (mínimo 85% cacau)
cacau cru (q.b)
cevada torrada (q.b)

Preparação do recheio :
Colocar o leite de amêndoa ao lume com uma rodela grossa de gengibre fresco, fazer uma infusão e ir mexendo até começar o processo de fervura.
Adicionar o leite à farinha de amêndoa aos poucos, uma colher de sobremesa de cada vez para não ficar demasiado líquido. A amêndoa deve ficar com a consistência de maçapão, suave e macia mas forte o suficiente para moldar e aguentar a forma. Se quiserem um sabor mais forte a gengibre podem ralar um pouco de gengibre fresco e juntar ao maçapão.
Moldar umas bolinhas "toscas" em forma das trufas tradicionais e colocar no frigorífico, mais ou menos 1 hora, para manter a forma e ser mais fácil "segurar" a cobertura exterior.

Preparação da camada exterior da trufa :
Misturar o cacau cru com a cevada torrada, em partes iguais e reduzir a pó (podem fazer no liquidificador, se não tiverem a máquina específica).
Voltam a colocar o leite que sobrou ao lume e com uma colher esmagam o gengibre para soltar os sucos, juntam um bocadinho da mistura de cevada com cacau, conforme o vosso gosto e mexem até dissolver e ficar cremoso.
Partir a barra de chocolate em pedacinhos e tal como na preparação do maçapão, colocam colher a colher o preparado do leite de amêndoa, (bem coado) deve estar bem quente para que o chocolate derreta. Mexer bem para dissolver até criar uma base cremosa e brilhante, devem ter cuidado a colocar uma colher de leite de cada vez para que a mistura fique espessa como um ganache.

Preparação da trufa :
Já com as trufas moldadas e frias colocam o "ganache" por cima, com cuidado para ficar bem envolvida sem perder a forma.
No final passam (ou polvilham, como vos der mais jeito) as trufas pela mistura de cevada com cacau, eu costumo deixar umas apenas com ganache (ou com duas camadas de ganache, antes de polvilhar) e outras polvilhadas, para todos os gostos 😊, usem a vossa imaginação.


*dica* 200 ml de leite dá para toda a receita e costuma ainda sobrar um pouco, mas se preferirem outra consistência, ou por alguma razão não chegar basta juntar mais um pouco de leite aos preparados, rectificando o gengibre se for necessário.
*dica* cá em casa apenas usamos açúcar para o chá ou para o café (sim, eu não consigo beber chá sem açúcar 😊) se não conseguirem comer trufas sem açúcar podem juntar uma colher de sopa na farinha de amêndoa, muito bem misturada de modo a ficar completamente dissolvida no leite de amêndoa, aconselho açúcar de coco o mais natural possível.  

a bella e o mundo - vegan - origens bio

passaporte de sabores - a bella e o mundo - trufas austriacas

Simples, rápido e delicioso !!!
Esta é a combinação que mais gosto de comer nas ruas de Viena, a partir desta receita podem ir testando vários recheios e claro, escolher as vossas combinações favoritas, parece-vos bem ?

🍫 vegan
🍫 100% biológico
🍫 sobremesa
🍫 Áustria


🍭Curiosidade : Há quem diga que as trufas surgiram na França, mas na Áustria reclamam a sua origem : "foi no final do século XIX e surgiu por acidente". Reza a lenda que o chef da corte austríaca cometeu um erro ao criar uma sobremesa para um Czar Russo que era convidado para um banquete, o que é certo é que se esta receita nasceu por acaso é sem dúvida apreciada em todo o mundo.

Espero que gostem 😊
Beijinhos e muitas fofurices 💋


* Passaporte de Sabores é a rubrica das "comidas pelo mundo", das coisas boas que tenho conhecido, que adoro comer, e claro cozinhar. Aqui, as receitas que partilho são a minha versão, com base na minha alimentação vegan e/ou vegetariana, sem soja e sem organismos geneticamente modificados, e sempre que possível 100% biológica.



Outros Sabores :



Comentários

  1. Que bom aspeto! Tenho de fazer a receita no fim de semana. :)

    ResponderEliminar
  2. parecem tao boas....e sao tao faceis de fazer

    ResponderEliminar
  3. Adoro trufas! Estive na Áustria há uns 15 anos e não me lembro se comi lá trufas. Mas tenho de experimentar esta receita! Tem tão bom aspeto!

    ResponderEliminar
  4. Tenho que experimentar, devem ser deliciosas

    ResponderEliminar
  5. Acho que não gosto muito de trufas, ou ainda não experimentei as certas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carla eu também não gosto de todas, mas o segredo pode estar no recheio 😊 é uma questão de fazer combinações 😊
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Parecem-me todas deliciosas. Isto é uma tentação para quem, como eu, gosta tanto de chocolate :)

    ResponderEliminar
  7. Que tentação! Um dia destes vou experimentar

    ResponderEliminar
  8. Obrigada pela partilha. Fiquei com "água na boca" vou levar a receita <3
    Uma verdadeira tentação! Afinal os olhos também comem :-)
    Beijinho grande

    ResponderEliminar

Enviar um comentário