Aprender e crescer ao viajar

Sempre gostei de viajar, de fugir à rotina, de conhecer sítios e pessoas novas, primeiro por Portugal, depois pelos "arredores", num misto de fascínio por outras línguas ou simplesmente para ver edifícios diferentes.
Desde que me lembro de existir que tenho uma paixão pelo Leste (literalmente 😊), não me perguntem porquê, pois nem eu mesma sei explicar de tão "entranhado" que está ... talvez de outra vida, para quem acredita em outras vidas ...
Os amigos (e não só 😉) de Leste que tenho foram fazendo com que a paixão aumentasse e era evidente que começar a visitar o Leste era (cada vez mais) o próximo objectivo.

A primeira vez que viajei para um país do Leste Europeu foi um turbilhão de emoções.
Sozinha, cheia de borboletas na barriga e com uma grande mistura de sentimentos, onde a ansiedade se misturava com a vontade gigante de finalmente conhecer o "dia-a-dia" das pessoas que conseguiam ultrapassar uma, outra e mais outra "bofetada histórica", e seguirem em frente com garra.

travel Bratislava Eslováquia - A Bella e o Mundo
*foto tirada em Bratislava - Old Town*

Em cada esquina há uma marca de tempos passados (porque não devemos esquecer, para que não se repita), de guerras e destruição, de tempos sinistros de dor e terror, edifícios, monumentos e muitas homenagens, em cada esquina há um olhar cansado, triste e por vezes até meio desconfiado, mas em cada esquina há também um sorriso rasgado, um coração gigante, um abraço forte e uma vontade de continuar a viver.

Há civismo, compaixão, festas ordeiras e muita convivência.
Há conversas nos parques, risos e bolos partilhados, crianças, jovens e menos jovens a conviver e a brincar, cães felizes e bem tratados - como deve ser - que fazem parte de toda a família em redor, família essa na qual também nós nos sentimos integrados.

Não é fácil ficar na margem do Danúbio em Budapeste a olhar para os sapatos em homenagem aos que ali foram atirados para a morte, "só porque sim", só porque existe alguém que acha que não somos todos iguais ...
Não é fácil percorrer o Bairro Judeu de Praga sem pensar no que ali aconteceu, e quantas vidas foram tiradas ...
Não é fácil estar em Bratislava num simples café a ouvir experiências e vivências de acontecimentos terríveis seguidos, de tempos não assim tão distantes ...
Não é fácil parar junto a um dos muitos monumentos espalhados por várias cidades do Leste que prestam homenagem a heróis e a vitimas, sem deixar de pensar nas marcas que ficam nos que ali estão hoje e perderam alguém outrora ...
Pelo menos para mim não é ...

Se isso me faz desistir e "desacreditar" na humanidade ?
Claro que não !!
Se isso me faz crescer enquanto ser humano e querer continuar a viver e a aprender ?
Claro que sim !!

Já alguma vez sentiram que uma viagem mudou a vossa vida ?
Que as vossas prioridades começaram a ser outras ?
Contem-me tudo 😊

Boas viagens
Beijinhos e muitas fofurices 💋



* Não se esqueçam que podem contar com a ajuda da momondo para realizar o vosso sonho de conhecer o mundo, com todas as ofertas e promoções fica mais fácil "encontrarem a vossa própria experiência de crescimento" 😘


* publicação em parceria com a Momondo *

* podem encontrar mais sobre o programa de embaixadores nas redes sociais com @momondo e seguindo as hashtags #owtravelers e #admomondo *




Comentários